Como deixar de lamentar da vida

A vida envolve momentos difíceis em que apenas é saudável falar sobre problemas com amigos íntimos ou familiares confiáveis. Às vezes parecem que a nossa maior distração é queixar-se sobre as coisas não muito satisfatórias da vida.

Menos reclamação, mais qualidade de vida!

Nós constantemente ouvimos de alguém queixas sobre o clima frio, mas também sobre o calor. Nós reclamamos insistentemente até chegar a um ponto em que as queixas se tornam um mau hábito — como um selo pessoal, que pressionamos a nossa própria existência e que nos acompanha para o resto das nossas vidas.

Queixar-se de tudo o tempo todo é fácil. A dificuldade é assumir a responsabilidade pelo problema que reclamamos. Isso significa que, se houver uma solução para o problema, devemos seguir o caminho para encontrar a solução. Se não há solução, então, como o provérbio oriental nos diz, devemos simplesmente deixar o problema passar. Não faz sentido perder o tempo com um problema insolúvel, tornar-se infeliz por algo que não tem solução. Certamente acabará fazendo um caos da sua vida.

Se atravessarmos as nossas vidas de maneira feliz o quanto possível, sabendo lidar com o inevitável, mesmo que nós tenhamos causado muitos problemas, o caminho para a felicidade estará mais próximo quando pensamos e agimos de forma positiva. Sendo assim pensar e agir de forma positiva cria uma vantagem decisiva nas nossas vidas e ainda podemos influenciar positivamente os nossos semelhantes.

Através das nossas queixas, nós apresentamo-nos como vítimas. E quanto mais reclamamos, mais nos deslocamos para esse papel. Assim, a situação do problema torna-se mais difícil e nunca poderemos escapar disso. Isso significaria que devemos conhecer e desenvolver o nosso potencial.

Por que reclamamos?

Em termos restritos, nos nós queixamos porque sofremos de alguma coisa e pensamos que não há solução para os nossos problemas. Exemplos de reclamações: não estamos satisfeitos conosco mesmos;

Nós não temos a profissão que queremos tanto, ou o carro que conduz o nosso vizinho; ou não temos o dinheiro que precisamos para ser feliz, etc.

Mas se realmente queremos mudar essa situação primeiro devemos começar a não pensar sobre isso o
tempo todo e agir. Muitas das coisas que gostaríamos de fazer não satisfazem a nossa necessidade pelo
fato que desejamos tanto.

Não seria apropriado perguntar-se: “Quais são as minhas necessidades reais?” “Qual das coisas adquiridas no ano passado é realmente necessária”? A sua resposta a esta pergunta será: “Não muitos!”

Talvez esses objetos fossem decorações, que agora acumulam em algum canto da casa. Deveria responder essas perguntas deliberadamente. Faça as seguintes perguntas: “Qual é a minha verdadeira necessidade?”, “É importante para mim, reclamar sobre isso?”, E depois pensa muito conscientemente sobre isso.

Comece agindo assim!

Talvez você não esteja realmente preocupado com o objetivo em si, mas com o sentimento, ou talvez com a prosperidade. Pode ser que o que você realmente anseia é muito difícil de alcançar. Não desista da esperança. Não é que esse objetivo seja inatingível. Trata-se de dividir o seu objetivo em sub-alvos diferentes e gradualmente alcançá-los até chegar finalmente ao grande objetivo. As queixas não levam ao objetivo.

Você está, por exemplo, frustrado por não poder fazer uma viagem que a leva ao país dos sonhos, mas talvez você já conheça pelo menos algumas cidades. Isso é algo que você definitivamente pode criar em sua mente. Esteja ciente que você pode começar a resolver o problema que causa suas queixas. Isso permite que você direcione suas energias para algo mais produtivo e que evoca belas emoções e reprime as queixas.

Então, ouça as queixas e aproveite a oportunidade logo em frente ao seu nariz.

Comece com isso: experimente este método por duas semanas e você ficará encantado com o resultado! Ninguém diz que será fácil, mas isso irá fazer você se sentir melhor. Então, vamos!

Mude o foco e perceba a si mesmo, seus sentimentos!

Às vezes, um dia é irritante, algo que deu errado. Desejamos que este dia passe rapidamente. Seria melhor se já fosse um fim de semana. Seria melhor se a semana fosse novamente como você planejou. Provavelmente, você já foi atingido por este pensamento uma vez ou outra.

Faça isto ou pelo menos tente!

Muitas vezes você já pensou nisto: “Eu queria ter a coragem de ser fiel a minha vida e não viver o que os outros esperam de mim”. Este pensamento certamente desperta uma interessante citação: As expectativas dos outros são as expectativas dos outros e não a sua.

Aparentemente, as pessoas sabem uma coisa: Nós não vivemos nossas vidas, mas somos como um balão sendo filmados de um lado para o outro dentro de nossas próprias fronteiras.

1. Não se deixe levar pelas opiniões

Ouça a sim mesmo,. Seja leal a você. Faça o que você ama. Siga sua paixão.

2. Eu gostaria de não ter trabalho tão duro

No final da vida, ninguém se arrepende de ter passado muito pouco tempo no escritório. O fato é que só enxergamos isto como “trabalhando demais” quando o trabalho não tem significado para nós. Só então isto é sentido como estressante e muitas vezes frustrante. Faça algo que tenha significado para você. Crie algo. Apoie os outros. Satisfaça sua vida com significado.

3. Eu queria ter a coragem de expressar meus sentimentos

Para muita pessoa gente é difícil expressar seus sentimentos. É preciso conhecer a si mesmo e perguntar o que é importante na sua vida, o que lhe motiva realmente? Lembre sempre que seus sentimentos são realmente seus e não pertencem a mais ninguém. Reaja de acordo com seus sentimentos. Eles são a coisa mais real que você tem.

4. Eu gostaria de ter passado mais tempo com meus amigos

Não tenho tempo para meus amigos, ou isto não é importante o suficiente para mim. Sem carro, sem casa, sem novo emprego, sem par de sapatos, sem aumento de salário, sem tempo de desfrutar momentos agradáveis com parceiros, familiares e amigos. Tome tempo para outras pessoas. Defina prioridades em sua vida. Mude o disco: “ter e fazer algo sozinho” para “fazer e dividir algo juntos”.

5. Eu gostaria de ter me permitido ser mais feliz

“Deixe-se entusiasmar pela vida. Esteja convencido de que você pode ser seu próprio incentivador. Raramente conseguimos estar satisfeitos. Cada vez mais esquecemos de agradecer o que temos e alcançamos em nossas vidas. Estamos sempre querendo cada vez mais algo que muitas vezes nem sabemos se realmente isto é importante para nós. Estamos sempre querendo mostrar o que temos e esquecemos de ser nós mesmos. Esquecemos sempre a gratidão e as conquistas.

Recomendados Para Você:

Comente ou Deixe a sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CLOSE
CLOSE