Como deixar de ser ansioso e perder a ansiedade


deixar de ser ansioso

O mundo atual é muito exigente. Vivemos imersos na nossa carreira profissional, somos ainda mães, pais, filhos, maridos, esposas e tantos outros papéis desempenhamos. No meio destes papéis, por vezes, a ansiedade bate-nos à porta. Andamos sempre a correr na esperança de correspondermos às expectativas dos outros e às nossas próprias espectativas.

O excesso de estress acumula e a ansiedade começa a ser maior. Está cada vez mais ansioso? Quer saber como pode perder toda essa ansiedade e deixar de ter ansiedade? Quer deixar de ser ansioso? Nós explicamos tudo neste artigo!

Vivemos o dia-a-dia com medos e ansiedades resultantes da sociedade atual. Medo de que a filha entre pelos maus caminhos, medo de sermos assaltados e agredidos, medo de perder o ônibus e chegarmos atrasados à escola para pegarmos o filho que espera por nós, medo de perder o emprego, medo de alguém conhecido falecer, medo de nos magoarmos, medo a dirigir… Tantos são os medos e as preocupações que nos roubam a alegria de viver.

Nesta roda viva em que vivemos, será possível viver menos ansioso?

A resposta é sim mas antes de explicarmos melhor importa entender o que é a ansiedade. A ansiedade é a antecipação da ameaça futura. O medo e a ansiedade são desejáveis até certo ponto porque são adaptativos. Quando o medo e a ansiedade são excessivos acabam por limitar nossa vida e até causar sofrimento. Ansiedade em demasia leva-nos a temer o futuro e deixa-nos prisioneiros do passado.

Entenda o mal que faz a ansiedade. Não vale a pena esconder para as outras pessoas que está com medo! Sim, medo! A ansiedade é o seu medo “escondido”. Se alguém perguntar se você está ansioso/a, o que iria responder? Possivelmente diria que “Não, apenas estou ansioso/a, preocupado/a ou com receio”, certo?… Isso seria o mesmo que responder que sim, que está com medo! Já viu os prejuízos e as consequências que a ansiedade está causando em si? Possivelmente estará constantemente a roer as suas unhas, e isso pode virar vício e depois não irá conseguir deixar de roer as unhas. Um problema muito comum da ansiedade, são as Insónias. Se está sofrendo de ansiedade, muito certamente está dormindo mal. Falta de sono também irá causar ainda mais ansiedade, e tudo isso se vai acumulando como uma bola de neve que não consegue parar! Diga basta! Coloque um ponto final em todas essas preocupações! Liste todas elas e elimine aquelas que nem deveriam de ser preocupadas por você!

Ser uma pessoa ansiosa não faz de si uma pessoa má ou ruim! Não pense que por estar ansioso acaba por ser uma pessoa ruim, muito pelo contrário! Muitas vezes a nossa ansiedade deve-se ao facto de sermos “boas” pessoas que nos preocupamos com os outros, e por vezes de forma desnecessária, e por isso mesmo ficamos mais ansiosos.

Quem nunca fez um trabalho da escola sozinho porque o colega de grupo teve preguiça? Neste caso teve preocupações a dobrar enquanto o outro não fez nada, ou quase nada, e você sofreu para beneficiar o amigo. Quem nunca ficou mais horas no trabalho, saindo muito tarde fazendo aquilo que o colega não quis acabar? Mais uma vez, para ajudar o colega, quem ficou sofrendo foi você! Quem nunca se preocupou com a vida pessoa de um amigo ou colega que está passando mal? Fica pensando como pode ajudar o seu amigo e esquece da sua própria vida pessoal. Quando lembra de você, já tem muitas preocupações em cima, e aí vai ficar com as suas preocupações e a do seu amigo/colega. Quem nunca emprestou algo mas com receio? O seu amigo precisou de algo seu, e para ele não ficar chateado ou para ajudá-lo, você emprestou aquilo que não queria, ou que ia precisar, mas para beneficiar o amigo, você sofre!

E existem muitos mais exemplos, mas como pode ver, a ansiedade pode vir do facto de nos sacrificarmos, por sermos boas pessoas, para ajudar um amigo ou colega. Entenda que isso não pode ser assim! Você não tem que ser ruim, mal educado ou mau com ninguém, apenas seja rigoroso consigo mesmo e com os seus colegas. Faça apenas o que lhe compete e preocupe-se só com você e com o que é seu! Não se preocupe com os outros ou com aquilo que é dos outros. Diga NÃO! Aprenda a negar tudo o que pedem, liberte-se daquilo que não lhe compete.



Como podemos efetivamente deixar de ser ansiosos e de ter ansiedade?

Há várias dicas que podemos seguir de forma a baixar os nossos níveis de ansiedade. Praticar um esporte é uma estratégia fundamental para lidar com a ansiedade. Escolher um esporte que nos agrade e motive deve ser nosso objetivo. Assim, nosso corpo mantém-se saudável e nossa mente fica calma. O yoga é uma das atividades mais recomendadas porque tranquiliza a mente mas qualquer atividade que seja motivadora para nós é igualmente benéfica.

Seguir uma alimentação saudável é outra dica importante. Evite alimentos e bebidas estimulantes, e caso o faça, deixe de beber refrigerantes gasosos. A alimentação é um ponto fundamental no que diz respeito à ansiedade. Se está habituado a comer alimentos gordurosos, com muito colesterol, muito calóricos, etc… Fique sabendo que eles podem ser os principais responsáveis da sua ansiedade. Pode saber bem enquanto comemos, mas nas horas seguintes, se sofre de ansiedade, ela será bem mais forte! Troque esse tipo de alimentos por alimentos mais saudáveis.

Aquietar a mente praticando meditação Mindfulness é uma estratégia que tem tido resultados comprovados em vários estudos científicos.

Há determinadas preocupações que não é por as termos que vamos evitar prejuízos. Pelo contrário, há uma grande percentagem de preocupações que no fim de contas nunca se concretizam e que só nos fazem mal. A solução é mesmo jogar fora essas preocupações. Confie na vida.

Seja mais crítico acerca dos seus próprios pensamentos, emoções e preocupações. Será que aquilo que teme poderá mesmo acontecer? Será assim tão grave se acontecer? O que diria a um amigo que tivesse essa preocupação? Essa preocupação resolve alguma coisa? Ajuda-o neste momento de alguma forma? Se não, porque não a jogar fora? Lembre-se que há coisas que não dependem de nós. Não podemos controlar tudo. Quebre a rotina e faça coisas inesperadas. Assim treina o seu cérebro para saber lidar com situações inesperadas e estará mais apto para a vida!

Aceite seus erros e sua imperfeição. Ninguém é perfeito. Todos já fizemos escolhas menos “felizes” mas temos que nos perdoar a nós próprios. Não se martirize por alguma escolha ou decisão mal tomada. Na altura pareceu-lhe certamente o melhor e isso deverá ser suficiente para fazer as pazes consigo próprio.

Muitas pessoas também recorrem aos medicamentos para diminuir a ansiedade, o que pode ser prejudicial se for a longo prazo. Os medicamentos de facto ajudam a aliviar a ansiedade, podem melhorar o nosso modo de estar, mas jamais irão curar a ansiedade e livrar-nos dela para sempre! Se pretende deixar de ter ansiedade e deixar de ser uma pessoa ansiosa, só você poderá combater contra isso. Não tenha medo da vida, converse consigo mesmo, questione-se o porquê de se estar a preocupar demasiado com algo que talvez nem seja da sua conta… Não sofra por antecipação! Não é você que controla o futuro, e há situações em que não pode fazer nada, não há necessidade de estar ansioso. Deixe o tempo passar e a resposta irá chegar.

Confira de novo, as nossas dicas de como perder a ansiedade de forma mais resumida:

Dicas para deixar de ser ansioso e perder a ansiedade:

  • Pratique um esporte;
  • Experimente yoga;
  • Siga uma alimentação saudável;
  • Pratique meditação Mindfulness;
  • Confie na vida e jogue fora algumas preocupações que não levam a lugar algum;
  • Reflita sobre suas preocupações;
  • Quebre a rotina e faça coisas inesperadas;
  • Aceite seus erros e sua imperfeição;
  • Não se martirize por alguma escolha ou decisão mal tomada.




Recomendados Para Você:


Comente ou Deixe a sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *