Como deixar de ser viciado em jogos de apostas


perder-vicio-jogos-apostas

O mundo das apostas, seja ele online, ou não, é um mundo aliciante para muitos. Atrativo e desafiante são outros adjetivos que o caracterizam muito bem. Há adrenalina e há sempre esperança de ganhar. Contudo, o que pode ser encarado como um hobbie ou uma situação pontual pode tornar-se um vício.

Quando as apostas se tornam um vício, a situação pode ser muito mais complicada! Nós vamos ajudá-lo a perder o vício das apostas para deixar de ser viciado em jogos de apostas.

A perda de controlo caracteriza os vícios que fazem com que o ser humano deixe de ser dono da sua vida e das suas próprias decisões. Quem está viciado nos jogos de apostas pode ser capaz ou não de reconhecer a sua incapacidade para parar. O vício dos jogos de apostas limita a vida dos apostadores e causa frustração e sofrimento.

O isolamento e afastamento social não tardam em chegar. Seja por questões de dinheiro, por padrões de pensamento concentrados em competição, necessidade de reconhecimento social ou outros fatores, o certo é que o vício dos jogos de apostas é perigoso e há alguns cuidados que quem está viciado pode seguir de forma a inverter o ciclo vicioso.

Infelizmente começam a multiplicar-se um pouco por todo o mundo os casos de pessoas viciadas em jogos. Não queira ser mais um deles! O sofrimento que vivem os próprios viciados e suas famílias é avassalador. Importa interromper o ciclo vicioso o quanto antes e pedir ajuda quando a situação parece ter perdido o controlo. Vergonha e angústia não devem levar pessoas viciadas a esconderem-se porque sozinhos poderão não ser capazes de inverter a situação.

Antes de apresentarmos as nossas dicas convém realçar que é muito importante que a pessoa viciada e seus familiares peçam ajuda médica especializada quando a situação foge do controlo. Até porque este vício tem tratamento médico específico já que falamos de uma perturbação com sintomas conhecidos e tratamento capaz de devolver a vida a quem dá a vida pelo jogo.

Veja estas dicas para quem está numa fase em que ainda pode conseguir travar a luta contra o vício dos jogos de apostas sem ajuda médica:

Identificar se é viciado em jogos de apostas é o primeiro passo. No entanto, sabemos que muitas vezes a própria pessoa viciada pode não reconhecer o problema e pode mesmo conseguir esconde-lo dos demais durante algum tempo. Quando a sua vida se alterou, quando alterou as suas rotinas, quando se isolou do mundo, quando deixou de ser capaz de cuidar de si e dos seus familiares, quando deixou de ser capaz de trabalhar, alimentar-se, etc. como fazia até então ou quando os outros reclamam que “você não tem mais tempo para eles… você não faz suas obrigações” é altura de considerar se efetivamente está viciado em jogos e importa travar a situação o quanto antes.




Procure saber se há grupos de jogadores anónimos que se reúnem com frequência. Vá, ouça e partilhe os seus problemas e sentimentos.
Pense nas suas qualidades e ponha-as ao serviço deste problema.

Faça coisas que lhe dê prazer. Peça ajuda aos seus familiares e amigos para que estes o ajudem a vencer este problema. Seus familiares e amigos podem ser seu maior apoio, podem passar mais tempo consigo, fazer algum exporte junto e outras atividades que reforcem vossos laços.

Faça contas à sua vida. Se está viciado e só está saindo no prejuízo, basta fazer contas à sua vida… Veja quanto está gastando e qual o retorno que está a ter… Certamente está com um balanço negativo, senão não estaria aqui lendo a nossa ajuda para se livrar desse maldito vício!

Não se iluda! Ouviu falar de um cara que ganha a vida com jogo de apostas?? Queria ser igual e quer viver só disso? Amigo, isso não é bem assim… Se alguém fizesse da sua vida com jogos de apostas, todas as casas de apostas já teriam fechado, não acha? O prejuízo tem que ser muito mais que o lucro, e é muito raro alguém ter lucro com esse tipo de apostas! Não se iluda…

Se realmente quer fazer disso um hobbie, estabeleça limites! Não gaste toda a sua grana em apostas! Faça um limite de 10 reais por mês, por exemplo. Você tem esse dinheiro para gastar nesse mês, se gastar todo antes do final do mês, então espera para o próximo mês e repita o processo! Se conseguiu ganhar dinheiro com essa grana que tinha depositado, ótimo, no mês seguinte já tem crédito para continuar a apostar e não precisa de gastar mais! E lembre-se: no final faça contas a tudo e vai ver que está gastando dinheiro DESNECESSARIAMENTE!

 

Concluindo, as casas de apostas só existem porque você, e outro como você, estão perdendo lá o seu dinheiro! Está alimentando outros com o seu vício e a sua teimosia em não deixar esse maldito vício! Livre-se disso, não ganha nada em ficar apostando! Só está perdendo dinheiro. Em vez de gastar dinheiro dessa forma, guarde-o e use para investir em algum projeto, em algum negócio, ou algo que seja mais rentável a longo prazo, e aí vai ver que conseguirá ganhar muito mais dinheiro do que em jogos de apostas!




Recomendados Para Você:


1 Comentário

  1. alguem do outro lado diz:

    Ótima matéria, mto boa mesmo. Isso é o que sempre estou falando p meu marido, nao se iluda! e a sua conclusao da matéria… se o jogo desse mesmo dinheiro, os donos de casas de apostas n eram milionários, estou sempre nessa tecla com meu marido, mas é sempre em vao. nao sei mais o que fazer, ele nao aceita que precisa de ajuda. o que faço nesse caso?

Comente ou Deixe a sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *