Como deixar de ter e tratar a disfunção no homem



Hoje em dia, um dos problemas que tem vindo a afectar a população, e por incrível que pareça, também a população mais jovem ao contrário do que erradamente se pensa, são a disfunção eréctil e a ejaculação precoce.

Aqui irá aprender a lidar e a ultrapassar o problema da disfunção erétil! Um problema que afeta muitos homens hoje em dia!

Este problema de saúde é caracterizada por uma falha em conseguir uma erecção adequada a uma relação amorosa. A origem deste problema pode ter diversas causas: vascular, nervosa, hormonal ou até mesmo por causas psicológicas. Para além das causas descritas, ainda pode acontecer derivado de causas iatrogénicas, ou seja, pode ser causado pela utilização de outros medicamentos, como por exemplo, Anti-hipertensores, Psicotrópicos, Depressores do sistema nervoso central (como por exemplo o etanol).

Para percebermos o que acontece para ocorrer uma disfunção eréctil, primeiro temos que perceber o que seria suposto acontecer numa situação normal.
O órgão do homem enche-se de sangue, quando o organismo produz uma certa substância: o óxido nítrico. Esse óxido nítrico, através de outras reacções químicas vão relaxar os vasos sanguíneos e os corpos cavernosos. Se estes vasos e corpos cavernosos estiverem relaxados, a passagem do sangue vai ser facilitada, ou seja, vão estar abertos para a entrada de sangue, ocorrendo assim uma erecção.

Abaixo segue-se uma imagem da anatomia para se entender melhor do que se está a falar:

disfuncao-erectil

Quando o órgão do homem está relaxado, sem nenhum tipo de estimulo, a quantidade de sangue que entra nos vasos sanguíneos, é igual à quantidade que sai.

Quando chega ao nosso cérebro um estímulo, é libertado óxido nítrico. O que o óxido nítrico vai fazer, é aumentar a quantidade de outro composto que vai aumentar o relaxamento das veias e dos corpos cavernosos permitindo a passagem do sangue. Porém, existe ainda outro composto no nosso organismo, com um nome pouco simpático: fosfodiesterase 5 (para facilitarmos as coisas, vamos-lhe chamar de PDE5) que pode desactivar o composto que vai provocar o relaxamento das veias sanguíneas. Ao desactivar este composto, não vai acontecer o relaxamento das veias, e o que vai acontecer, é que a quantidade de sangue que entra no órgão do homem, será igual à quantidade sangue que sai, e desta forma não é possível manter uma erecção, pois o que pretendemos é que o sangue entre e fique na artéria, aumentando assim o seu volume, provocando uma ereção.

Até agora, percebemos que o óxido nítrico vai aumentar a quantidade de um certo composto que vai relaxar os vasos sanguíneos permitindo a entrada de sangue, provocando assim uma erecção. Porém, existe um composto (o PDE5), que vai desactivar esse composto que relaxa os vasos sanguíneos, não permitindo a erecção.
Para resolvermos este problema, a solução é desactivar esse PDE5! E existem remédios para isso!

Como actuam os remédios para a disfunção?

Muito resumidamente, o que o estes remédios vão fazer, é basicamente inactivar essa PDE5, não permitindo que esta diminua a quantidade de composto que vai provocar o relaxamento dos vasos sanguíneos. Com a inactivação da PDE5, o composto que provoca o relaxamento dos vasos sanguíneos, vai existir em maior quantidade, podendo provocar o relaxamento dos vasos sanguíneos, permitindo que estes encham de sangue, provocando assim a erecção.

Ao contrário do que muitos pensam, estes remédios não são milagrosos e não vão provocar uma ereção instantânea! Pelo que já foi explicado, os remédios apenas inactivam a substância que ia evitar o relaxamento dos vasos sanguíneos. Por isso, mesmo com a toma destes remédios, ou de outros medicamentos do mesmo tipo, é necessário existir um estímulo erótico para que ocorra uma erecção.

Também ao contrário do que a maior parte da população pensa, o aumento da dose não vai melhorar o desempenho na cama!

Existem vários tipos destes medicamentos no mercado, porém apresentam alguns efeitos secundários indesejáveis, e para além disso têm alguns factores de risco, por isso é importante aconselhar-se com o seu médico antes de começar a tomar qualquer medicamento deste tipo, para ter a certeza que não corre riscos.




Recomendados Para Você:


2 Comentários

  1. antonio santos diz:

    tem alimento que auxilia na disfunçao eretil

  2. luciano santos diz:

    como e o processo de relaxamento de encher o penis de sangue e mandar para o cerebro

Comente ou Deixe a sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *